Brasil sobe em ranking de eólica

Fonte: DCI

Acesse aqui a matéria em sua fonte.

No ranking dos dez países com mais capacidade instalada total de energia eólica, o Brasil subiu uma posição e aparece como o nono colocado, com 10,74 GW, ultrapassando a Itália, que está com 9,2 GW. O ranking “Global Wind Statistics 2016” foi elaborado pelo Global World Energy Council (GWEC) e divulgado na sexta (10). O documento anual com dados mundiais de energia eólica mostra que, em 2016, foram adicionados 54,6 GW de potência eólica à produção mundial, totalizando 486,7 GW de capacidade instalada. Até 2020, o País poderá alcançar 18 GW, considerando os contratos já realizados e novos leilões.

Importância dos leilões

“O importante agora é que novos leilões sejam de fato realizados nos próximos meses, já que em 2016 não tivemos nenhum leilão de energia eólica, pela primeira vez desde que esta fonte começou a participar de leilões em 2009″, afirma Elbia Gannoum, presidente executiva da Associação Brasileira de Energia Eólica (ABEEólica). “É um momento importante para o setor, que trabalha junto ao governo para defender a importância de novos leilões de energia eólica para sustentar a cadeia produtiva e ampliar a segurança energética.”

Alienação fiduciária …

O índice de recuperação de créditos imobiliários é superior a 95% quando a execução da alienação fiduciária em garantia é realizada por meio dos cartórios de Registro de Imóveis, mostra levantamento da Caixa Econômica Federal. De acordo com defensores da ferramenta, ela agiliza o procedimento que, em alguns casos, poderia levar até 12 anos, se realizado pelo Poder Judiciário. E as instituições de crédito e os tomadores de empréstimo desfrutam de previsibilidade, facilitando concessão de financiamentos para compra da casa própria ou para mercado produtivo.

… e crédito imobiliário

No Grande ABC Paulista, por exemplo, a Caixa se utiliza deste serviço e o gerente regional de Construção Civil do banco para a região, Rafael Arcanjo, ressalta que a alienação fiduciária, sem dúvida foi uma das medidas que alavancou o crédito imobiliário no Brasil. “Segurança jurídica, rapidez e eficiência na recuperação do crédito trazidas por esse instituto possibilitam baixos índices de inadimplência, facilitando a captação de novos fundings e redução das taxas de juros aplicadas. Com mais recursos disponíveis e menores taxas toda a população é beneficiada”, concluiu.

Certificação no Mercosul

Protocolo firmado em março passado entre os governos dos países do Mercosul e o Chile para validar documentos digitais no comércio entre o grupo facilitará muito o comércio e o relacionamento entre os países do Cone Sul, agilizando o comércio e reduzindo custos com segurança, diz Antonio Sérgio Cangiano, diretor-executivo da Associação Nacional de Certificação Digital (ANCD). Para ele, é o reconhecimento de que este é um instrumento extremamente confiável e que permite abreviar e desburocratizar procedimentos, com custo final sustentável.

Editora-fechamento

Liliana Lavoratti

Anúncios

Sobre Alexandre Fontes

Alexandre Fontes é formado em Engenharia Mecânica e Engenharia de Produção pela Faculdade de Engenharia Industrial FEI, além de pós-graduado em Refrigeração & Ar Condicionado pela mesma entidade. Desde 1987, atua na implantação, na gestão e na auditoria técnica de contratos e processos de manutenção. É professor da cadeira "Comissionamento, Medição & Verificação" no MBA - Construções Sustentáveis (UNICID / INBEC), professor na cadeira "Gestão da Operação & Manutenção" pela FDTE (USP) / CORENET e professor da cadeira "Operação & Manutenção Predial" no curso de Pós Graduação em Avaliação e Perícias de Engenharia pelo IBAPE / MACKENZIE. Desde 2001, atua como consultor em engenharia de operação e manutenção.
Esse post foi publicado em Artigos Diversos, Eficiência Energética e marcado , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s