Supermercado estima economizar 12% de energia

Fonte: Revista Infra

Acesse aqui a matéria em sua origem.

Unidade da rede Coop adota ADAP-KOOL®, solução de controladores exclusiva da Danfoss

Fundada em 1954, a Coop é a maior cooperativa de consumo da América Latina e atualmente figura na 13ª posição do ranking nacional de supermercados da ABRAS (Associação Brasileira de Supermercados). Com faturamento bruto de R$ 1,967 bilhão registrado em 2013, a Cooperativa emprega mais de 5,8 mil colaboradores diretos e possui 21 unidades no Grande ABC, três em São José dos Campos, duas em Sorocaba, uma em Piracicaba e uma em Tatuí, além de três postos de combustíveis e cinco drogarias.

No ano em que completa 60 anos, a Coop dá um grande salto visando atender à crescente demanda de consumo nas próximas décadas ao investir R$ 6 milhões em um projeto de revitalização de sua unidade em Diadema, uma das mais lucrativas e com maior potencial de crescimento da rede.

A reforma, que inclui tanto retrofit quanto ampliação de área de vendas, contempla prioritariamente as áreas de câmaras frias e preparação de perecíveis, ampliada em 300 m², para receber modernos equipamentos de refrigeração, transporte e conservação dos produtos. Iniciada em agosto e com previsão de entrega no começo de 2015, a obra de melhorias incorporou também a substituição da iluminação por lâmpadas de LED.

A Danfoss foi responsável pelo fornecimento e instalação de um conjunto de controladores para automatização dos sistemas de refrigeração e ar condicionado da loja, entre os quais os racks de refrigeração, os condensadores, as câmaras frias, os balcões refrigerados e as áreas de preparo, além do sistema de climatização.

Essa linha de controladores é chamada de ADAP-KOOL®, desenvolvida especificamente para o setor de supermercados, padarias e conveniências, que busca atingir a eficiência máxima do sistema de refrigeração, ar condicionado e iluminação e, com isso, reduzir o consumo de energia, diminuir custos de manutenção e mitigar perdas.

De acordo com Marco Antonio Feresin, Gerente de Manutenção da Coop, a expectativa é de que a economia de energia chegue a 12% com a introdução dos componentes. “Interligamos todas as áreas de refrigeração num sistema central, que nos permite ter o controle absoluto da temperatura de todas as estações de frio individualmente”, destaca Feresin.

Foram instaladas na unidade Diadema da Coop as seguintes soluções: AK-SM 880, um gerenciador que fornece informações de forma remota via PC ou APP da planta; AK-XM, que são módulos de entradas e saídas que podem controlar uma variedade de pontos em uma loja, entre eles iluminação, ar-condicionado e abertura de portas das câmaras frias; e AK-CC, responsáveis por controlar balcões frigoríficos, câmaras frias e geladeiras.

O engenheiro da Coop acrescenta que a meta é manter o volume de despesa e controlar o consumo de energia, mesmo triplicando as áreas de câmaras frias e preparos e com um acréscimo de 17% na área de vendas. “Passaremos de 73m para 98m lineares de gabinetes refrigerados, de 113m2 para 165m2 nas áreas de câmara de refrigeradas, de 70m para 88m lineares de ilhas congeladas, de 32m2 para 88m2 nas áreas de câmaras congeladas além de inserirmos 210m2 de áreas climatizadas de preparos. Com um incremento deste tamanho, o controle torna-se necessário, sobretudo uma vez que a energia representa algo em torno de 8,5% do custo de funcionamento de uma loja, excluindo o “custo de pessoal”.

Se por um lado a tecnologia implementada pela Danfoss ajudará a Cooperativa a otimizar e maximizar recursos, por outro ela garante melhor qualidade de frio e melhor sensação térmica para clientes e funcionários da loja. “Não temos um estudo preciso de payback, mas certamente trata-se de um investimento cujo retorno se dará em pouco tempo. Basta mencionar que a loja de Diadema passa a ser um modelo para as próximas reformas que iremos fazer nas demais unidades da rede”, finaliza Feresin.

Anúncios

Sobre Alexandre Fontes

Alexandre Fontes é formado em Engenharia Mecânica e Engenharia de Produção pela Faculdade de Engenharia Industrial FEI, além de pós-graduado em Refrigeração & Ar Condicionado pela mesma entidade. Desde 1987, atua na implantação, na gestão e na auditoria técnica de contratos e processos de manutenção. É professor da cadeira "Comissionamento, Medição & Verificação" no MBA - Construções Sustentáveis (UNICID / INBEC), professor na cadeira "Gestão da Operação & Manutenção" pela FDTE (USP) / CORENET e professor da cadeira "Operação & Manutenção Predial" no curso de Pós Graduação em Avaliação e Perícias de Engenharia pelo IBAPE / MACKENZIE. Desde 2001, atua como consultor em engenharia de operação e manutenção.
Esse post foi publicado em Brasil, Eficiência Energética, Sustentabilidade e marcado , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s