Dinamarca se interessa pelas medidas de economia e eficiência energética de Navarra

Fonte: El Diário / ESP

Acesse aqui a matéria em sua fonte.

Espanha – A delegação liderada pela embaixadora da Dinamarca na Espanha, Lone Wisborg, foi recebida nesta terça-feira pela governadora de Navarra, Yolanda Barcina, na sede do Governo floral. Posteriormente, ela e sua comitiva mantiveram várias reuniões com representantes do executivo para conhecer as principais linhas do 3º Plano Energético de Navarra, para o período entre 2011 a 2020, assim como algumas das medidas que foram incluídas nele.

Segundo o diretor geral de Indústria, Energia e Inovação, Iñaki Morcillo, o plano prevê incrementar em 63% a potência de energia renovável até 2020 para poder alcançar o auto-abastecimento elétrico com este tipo de energia.

De acordo com o último balanço energético, conhecido no mês de dezembro de 2014, Navarra já superou boa parte dos objetivos estabelecidos para 2020. A cota de fontes renováveis já alcança quase 89% da eletricidade consumida e, com em relação ao total de energia ( petróleo, gás natural, eletricidade, biomassa e carvão), representa 25,2%, cinco pontos acima do objetivo determinado pela União Europeia para 2020.

Além disso, foi informado pelo governo em nota, que Navarra melhorou consideravelmente em eficiência energética na última década, já que para cada euro do PIB, atualmente são utilizados 15% de energia menos energia em comparação com o que era utilizado há dez anos.

Entre as medidas implementadas no âmbito deste plano, o diretor geral de Ordenação do Território, Mobilidade e Habitação, José Antônio Marcén, informou que a Efidistrict, um projeto que tem como objetivo a renovação energética dos bairros residenciais construidos entre 1950 e 1980, será desenvolvido em sua primeira fase em Chantrea (Pamplona).

A delegação dinamarquesa também manteve encontros com representantes da prefeitura de Pamplona, a Universidade Pública de Navarra e com o Centro Nacional de Energias Renováveis (CENER).

A comissão foi formada, além da embaixadora do país na Espanha, pelo conselheiro da embaixada, Lasse Hansen, e representantes das empresas AVK Válvulasm Javier García-Noblejas; Kamstrup, Natália Rey; Rockwool, Jordi Bolea; Danfoss, César Hernández; Ventas Iberia, José Luis de Esteban; Grundfos, Miguel Sáez y Miguel Mult, y Mil-tek Global, Jacob Bang.

Sobre Alexandre Lara

Alexandre Fontes é formado em Engenharia Mecânica e Engenharia de Produção pela Faculdade de Engenharia Industrial FEI, além de pós-graduado em Refrigeração & Ar Condicionado pela mesma entidade. Desde 1987, atua na implantação, na gestão e na auditoria técnica de contratos e processos de manutenção. É professor da cadeira de "Operação e Manutenção Predial sob a ótica de Inspeção Predial para Peritos de Engenharia" no curso de Pós Graduação em Avaliação e Perícias de Engenharia pelo MACKENZIE, professor das cadairas de Engenharia de Manutenção Hospitalar dentro dos cursos de Pós-graduação em Engenharia e Manutenção Hospitalar e Arquitetura Hospitalar pela Universidade Albert Einstein, professor da cadeira de "Comissionamento, Medição & Verificação" no MBA - Construções Sustentáveis (UNIP / INBEC), tendo também atuado como professor na cadeira "Gestão da Operação & Manutenção" pela FDTE (USP) / CORENET. Desde 2001, atua como consultor em engenharia de operação e manutenção.
Esse post foi publicado em Eficiência Energética, Mundo, Sustentabilidade e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s