Torre Eiffel será iluminada apenas com energias renováveis

Fonte: La Informacion.com

Acesse aqui a matéria em sua fonte.

França – A Torre Eiffel será abastecida exclusivamente por eletricidade procedente de energias renováveis, segundo contrato firmado para os próximos anos com a empresa Gaz Electricité de Grenoble (GEG), informou nesta quinta-feira a empresa que administra o monumento.

A partir do próximo dia primeiro de janeiro, o monumento mais visitado do mundo vai mudar de fornecedor de energia e a nova empresa se comprometeu que toda a energia consumida pela torre venha de fontes limpas.

O contrato permite que a Torre Eiffel tenha a garantia de que todo o volume de eletricidade consumida será produzida e injetada a partir de uma fonte renovável e limpa, afirmou a GEG em comunicado.

A GEG, que substitui a alemã E.ON como fornecedora de energia da torre, também vai se encarregar de aconselhar a empresa sobre eficiência energética durante a duração do contrato.

Nos últimos meses, a Torre Eiffel realizou reformas em seu primeiro andar que permitiu a redução do consumo de energia mediante ao isolamento de seus pavilhões, a instalação de painéis solares para água quente e a recuperação da água da chuva.

Em 2015 serão instalados dois pequenos moinhos eólicos que vão produzir cerca de 10 mil quilowatts ano.

Em 2013, quase sete milhões de pessoas visitaram o monumento de 324 metros de altura que foi construído para a Exposição Universal de 1889. Atualmente, o monumento consome 6,7 GWh para a climatização, calefação, elevadores e iluminação.

Sobre Alexandre Fontes

Alexandre Fontes é formado em Engenharia Mecânica e Engenharia de Produção pela Faculdade de Engenharia Industrial FEI, além de pós-graduado em Refrigeração & Ar Condicionado pela mesma entidade. Desde 1987, atua na implantação, na gestão e na auditoria técnica de contratos e processos de manutenção. É professor da cadeira "Comissionamento, Medição & Verificação" no MBA - Construções Sustentáveis (UNICID / INBEC), professor na cadeira "Gestão da Operação & Manutenção" pela FDTE (USP) / CORENET e professor da cadeira "Operação & Manutenção Predial" no curso de Pós Graduação em Avaliação e Perícias de Engenharia pelo IBAPE / MACKENZIE. Desde 2001, atua como consultor em engenharia de operação e manutenção.
Esse post foi publicado em Eficiência Energética, Mundo, Sustentabilidade e marcado , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s