Um bom projeto de climatização ajuda na economia de energia

Fonte: Diário do Pará Online

Divulgação: Procel Info

Acesse aqui a matéria em sua origem.

O projeto é a “alma” do negócio. É assim que Leandro Pissolati, sócio diretor do Grupo Imperador das Máquinas, descreve a importância de um bom sistema de climatização. “É preciso entender a necessidade do cliente e, em cima disso, é desenvolvido um projeto para solucionar tal necessidade”, destaca. O empresário explica que para obter um resultado satisfatório, profissionais especializados analisam alguns fatores com um objetivo maior: a economia de energia.

Segundo Leandro, tudo começa com o projeto, pois ele vai identificar de forma correta a necessidade do cliente, seja para ambientes residenciais, industriais, hospitalares, entre outros. “Há clientes residenciais, por exemplo, com várias situações diferentes: apartamento que tem uma carga térmica elevada, outro com sol poente (posição em que o ambiente está no período do sol da tarde), ou aquele que gosta do clima de montanha. Então, vou ter uma carga direcionada para atender esse cliente e desenvolver uma solução para isso”, detalha.

Para o projeto ser executado, são analisados a carga térmica do ambiente e a tecnologia que vai gerar custo benefício. No primeiro caso, são levados em conta a quantidade de pessoas, objetos que geram calor e se há fator externo que afeta a carga térmica interna, neste caso, o sol. “É importante saber se existe o sol poente porque haverá uma carga maior nesse horário de ‘pico’, porém, à noite, esse ambiente será totalmente diferente. Então, a gente vai entender a necessidade para fazer um projeto que é o desenvolvimento da solução para climatizar o ambiente conforme a necessidade dele”, reforça Pissolati.

TECNOLOGIA

Depois de analisar a carga, o projetista utilizará a tecnologia que vai trazer o custo-benefício, que é a eficiência energética, afim de que o equipamento consuma menos energia. “E isso pode agregar outras coisas, como filtragem e a forma de comando do ar-condicionado. Tudo só funciona com um projeto exclusivamente para atender a necessidade de cada ambiente”, explica.

No entanto, o empresário afirma que algumas pessoas ainda desconhecem o que a tecnologia disponibiliza para a solução de climatização. Em dias quentes, por exemplo, comuns na região amazônica, o compressor inverter tem o objetivo de acelerar e desacelerar a temperatura conforme a necessidade do ambiente, sempre dentro do limite da carga do equipamento.

“O custo-benefício está em cima do projeto. Se tenho uma tecnologia que varia conforme a necessidade, já estou economizando 50% de energia, pois nas (tecnologias) antigas, uma máquina de 30 btus possuía essa capacidade de manhã, de tarde e à noite. Com esse tipo de solução, se tem a mesma máquina, com a mesma capacidade, mas o compressor – que é inverter-, por exemplo, vai trazer em horários diferentes uma carga que varia automaticamente”, exemplifica Leandro Pissolati.

Sobre Alexandre Fontes

Alexandre Fontes é formado em Engenharia Mecânica e Engenharia de Produção pela Faculdade de Engenharia Industrial FEI, além de pós-graduado em Refrigeração & Ar Condicionado pela mesma entidade. Desde 1987, atua na implantação, na gestão e na auditoria técnica de contratos e processos de manutenção. É professor da cadeira "Comissionamento, Medição & Verificação" no MBA - Construções Sustentáveis (UNICID / INBEC), professor na cadeira "Gestão da Operação & Manutenção" pela FDTE (USP) / CORENET e professor da cadeira "Operação & Manutenção Predial" no curso de Pós Graduação em Avaliação e Perícias de Engenharia pelo IBAPE / MACKENZIE. Desde 2001, atua como consultor em engenharia de operação e manutenção.
Esse post foi publicado em Artigos Diversos, Eficiência Energética, Sustentabilidade e marcado , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s