Medidor inteligente gera economia de energia em indústrias e comércios

Fonte: Rio Capital da Energia

Acesse aqui a matéria em sua fonte.

A Companhia Paulista de Força e Luz (CPFL) tem instalado medidores inteligentes que ajudam o consumidor a economizar energia. Na região, 1.175 sistemas já foram implantados em indústrias e grandes comércios. Desses, 359 estão em Araraquara e outros 313 em São Carlos (SP).

As informações vão para um equipamento na sede da concessionária e depois para uma central em Campinas. Tudo é enviado para o cliente pela internet. A CPFL tem um projeto para atender dois milhões de clientes residenciais a partir de 2016 e o objetivo é cobrir o projeto em um prazo de, no máximo, sete anos.

Em uma indústria, o equipamento é usado há seis meses e os relatórios são tirados duas vezes por dia. O funcionário anota tudo no papel e confere com as informações da internet. “Quando chega a conta, vemos se está tudo certo e liberamos o pagamento para o financeiro”, contou o engenheiro mecânico João Kopfe.

Gastos

Com o leitor inteligente, algumas indústrias fazem relatórios diariamente e disponibilizam o gasto exato durante o dia e a noite. Além disso, todos os dados são enviados para os clientes pela internet. “Com esse aparelho não existe mais necessidade de ser feita a leitura em campo”, explicou Celso Palermo, gerente de distribuição da CPFL.

Dona de um salão de beleza, Vera Lúcia Souza lembrou que em dezembro estava com a agenda lotada e acabou prejudicada por ter consumido muita energia elétrica e ainda não ter o equipamento. “Secadores e chapinhas ficaram ligados durantes horas e a conta veio R$ 50, No outro mês o movimento caiu e o valor da fatura dobrou”, disse ela, que não vê a hora de implantar o novo medidor para controlar os gastos.

Anúncios

Sobre Alexandre Fontes

Alexandre Fontes é formado em Engenharia Mecânica e Engenharia de Produção pela Faculdade de Engenharia Industrial FEI, além de pós-graduado em Refrigeração & Ar Condicionado pela mesma entidade. Desde 1987, atua na implantação, na gestão e na auditoria técnica de contratos e processos de manutenção. É professor da cadeira "Comissionamento, Medição & Verificação" no MBA - Construções Sustentáveis (UNICID / INBEC), professor na cadeira "Gestão da Operação & Manutenção" pela FDTE (USP) / CORENET e professor da cadeira "Operação & Manutenção Predial" no curso de Pós Graduação em Avaliação e Perícias de Engenharia pelo IBAPE / MACKENZIE. Desde 2001, atua como consultor em engenharia de operação e manutenção.
Esse post foi publicado em Brasil, Eficiência Energética e marcado , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s