IGP-M registra deflação de 0,35% na segunda prévia de agosto

Fonte: CORENET Global – Chapter Brazil

O Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M) caiu 0,35% na segunda medição de agosto, contra baixa de 0,51% em mesmo período do mês anterior. No ano, a alta acumulada está em 1,47%; em 12 meses, houve avanço de 4,80%, conforme levantamento da Fundação Getulio Vargas (FGV).

Na segunda prévia do mês, o Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA) diminuiu 0,57%, após ter queda de 0,94% no mesmo período de julho. Os produtos agropecuários diminuíram 1,02% e os produtos industriais cederam 0,41%, contra baixa de 2,04% e 0,52%, respectivamente, na parcial de julho.

O Índice de Preços ao Consumidor (IPC), por sua vez, recuou 0,02% no segundo decêndio de agosto, invertendo a direção tomada um mês atnes, de alta de 0,14%. Cinco classes de despesas apresentaram deflação – Alimentação caiu 0,15%, Vestuário encolhey 0,79%, Educação, leitura e recreação tiveram baixa de 0,33%, Transportes declinaram 0,12% e Comunicação registrou decréscimo de 0,18%.

Por fim, o Índice Nacional de Custo da Construção (INCC) subiu 0,23% na segunda leitura de agosto, na sequência de alta de 0,67% em mesmo intervalo do mês anterior. O índice relativo a materiais, equipamentos e serviços avançou  0,07% enquanto aquele que representa o custo da mão de obra registrou elevação de 0,38%.

Sobre Alexandre Lara

Alexandre Fontes é formado em Engenharia Mecânica e Engenharia de Produção pela Faculdade de Engenharia Industrial FEI, além de pós-graduado em Refrigeração & Ar Condicionado pela mesma entidade. Desde 1987, atua na implantação, na gestão e na auditoria técnica de contratos e processos de manutenção. É professor da cadeira de "Operação e Manutenção Predial sob a ótica de Inspeção Predial para Peritos de Engenharia" no curso de Pós Graduação em Avaliação e Perícias de Engenharia pelo MACKENZIE, professor das cadairas de Engenharia de Manutenção Hospitalar dentro dos cursos de Pós-graduação em Engenharia e Manutenção Hospitalar e Arquitetura Hospitalar pela Universidade Albert Einstein, professor da cadeira de "Comissionamento, Medição & Verificação" no MBA - Construções Sustentáveis (UNIP / INBEC), tendo também atuado como professor na cadeira "Gestão da Operação & Manutenção" pela FDTE (USP) / CORENET. Desde 2001, atua como consultor em engenharia de operação e manutenção.
Esse post foi publicado em Artigos Diversos e marcado , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s