GRUPAS realizará a sua próxima reunião em SP no dia 04/10

Reunião Grupas & RL higiene

Sustentabilidade Empresarial e o Consumo Consciente em Facilities

Data:

04/10 das 8:30h às 12h

Local:

Auditório do (novíssimo) SPACES Berrini

Rua Irmã Gabriela, 51 (Travessa da Av. Eng. Luís Carlos Berrini), São Paulo – SP

Estacionamento: Pago no local (R$ 20/periodo manha) ou opção por transporte publico (350m da Estação Berrini da CPTM)

Tema:

Sustentabilidade Empresarial e o Consumo Consciente em Facilities*

* na parte final do evento ocorrerá visita guiada ao SPACES Berrini

Palestrantes:

Tiago Alves, CEO Brasil na Regus & Spaces

Hélio Mattar, Diretor Presidente do Instituto Akatu

OBS: Evento Super Exclusivo – Lugares Limitados !

NOTA IMPORTANTE:

Como comentado na nossa última reunião de março na ABRAVA, com o lançamento do nosso novo portal GRUPAS (grupas.com.br) as inscrições para as reuniões e outras comodidades para os membros (downloads, lista de contatos, etc) dependem de fazer o cadastro novamente devido a necessidade de criar um login e senha para esse acesso restrito (somente para membros). Em caso de problemas enviar email para suporte@grupas.com.br que a equipe da Tudonanet estará ajudando na resolução do problema. Adicionamente podem ficar a vontade em enviar email diretamente para mim (presidente@grupas.com.br).

===>INFORMAÇÕES E INSCRIÇÃO<===

Anúncios
Publicado em Entidades & Associações, Facility Management, Palestras | Marcado com , , | Deixe um comentário

III Workshop Luso-Brasileiro de Engenharia Diagnóstica acontecerá em 2019 na cidade de Fortaleza

Fortaleza receberá em 2019 (de 24/01 a 26/01) o terceiro workshop Luso-Brasileiro de Engenharia Diagnóstica, sendo que reproduzo abaixo uma das chamadas que recebi por e-mail.

Aos interessados, bastará acessar o site do evento através do link abaixo.

O 1º LOTE ESTÁ PRATICAMENTE ESGOTADO!

O 1º lote do III Workshop Luso-Brasileiro de Engenharia Diagnóstica (III WLBED), que será realizado dos dias 24 a 26 de janeiro de 2019, em Fortaleza, já atingiu 90% das vendas.

Agradecemos o alto engajamento, que superou nossas expectativas. E para quem ainda deseja adquirir sua vaga no evento, restam dois dias com o preço promocional, ou até encerrar a cota.

Aproveite e participe do maior evento internacional sobre Engenharia Diagnóstica no Brasil.

Clique aqui e garanta seu ingresso com preço promocional!

Publicado em Cursos & Seminarios / Congressos | Marcado com , | Deixe um comentário

Conheça as tendências no mercado de construção civil

Fonte: Engenharia Compartilhada

Acesse aqui a matéria em sua fonte.

Tecnologias avançadas e projetos sustentáveis são alguns dos destaques

De 2015 a 2017, o setor da construção civil amargou números negativos provocados pela crise econômica que assolou o país. Agora, no entanto, a economia se recupera lentamente. Se, em 2017, o Produto Interno Bruto (PIB) teve uma queda de 6%, em 2018, espera-se um crescimento de 2% – um aumento tímido, mas que já sinaliza uma recuperação. Os dados são da Fundação Getúlio Vargas (FGV).

O reaquecimento do mercado, por sua vez, traz novas perspectivas e formatos de trabalho, com o emprego de mais tecnologia e projetos voltados para o meio ambiente e para a sustentabilidade. O objetivo é maximizar os resultados por meio da otimização e das facilidades proporcionadas pela tecnologia.

A internet das coisas (IoT) é uma das tendências para este ano. Ela pode auxiliar o rastreamento, em tempo real, de equipamentos (como as betoneiras) e colaboradores, para proporcionar maior segurança e produtividade nas obras. Aplicativos e softwares, realidade aumentada e virtual também fazem parte das inovações para o setor.

Todo esse conjunto tecnológico é capaz de agilizar os processos e a comunicação dentro dos canteiros, além de transformar os ambientes em locais mais funcionais e inteligentes. Engenheiros e arquitetos tomaram posse desses dispositivos, seja em construções residenciais ou em edifícios públicos e privados.

Na esteira das novas tecnologias, uma que ganha destaque é o Building Information Modeling (BIM), um método de construção que faz a análise de dados dos edifícios e oferece informações minuciosas de cada detalhe da construção para engenheiros, arquitetos, planejadores e responsáveis pela compra de materiais. Dessa forma, todos os profissionais podem ver a atualização do modelo do edifício em tempo real e adicionar mais dados. O BIM trabalha com modelagens em 3D.

Quando se fala em inovação no setor de construção civil, um aspecto que não pode faltar são os edifícios projetados com base em boas práticas para o meio ambiente. Um conceito que vem sendo empregado nos últimos anos e que deve ser uma tendência também para os próximos anos é a construção enxuta (lean construction, em inglês).

A mentalidade nesse tipo de construção é utilizar os recursos de forma otimizada por meio de um planejamento detalhado e consolidado. O foco é evitar desperdícios e outros problemas que podem comprometer o resultado final da obra. Nesse modelo, os profissionais procuram, por exemplo, comprar os materiais necessários para uma determinada fase da construção, e não para o projeto inteiro de uma vez.

Outras soluções são empregadas para a execução de um projeto sustentável. Os tijolos inteligentes reduzem o custo e economizam energia, e as impressoras 3D produzem obras mais limpas e imprimem peças reutilizáveis, diminuindo o desperdício de materiais. Nesse campo, também estão as cidades inteligentes.

Elas utilizam soluções tecnológicas capazes de transformar o ambiente urbano e lidar com problemas clássicos dos cidadãos. O objetivo é oferecer melhores serviços, principalmente de mobilidade urbana, além de utilizar com mais eficiência a energia, visando um mundo mais sustentável.

A segurança também é um ponto muito valorizado pelos construtores. Para auxiliar em um maior controle, nada melhor do que introduzir ferramentas tecnológicas nos canteiros de obras. Os sensores exercem um papel fundamental na coleta de informações sobre aspectos inerentes à situação

Publicado em Brasil, Cidades, Sustentabilidade | Marcado com , , , , , | Deixe um comentário

Economia em casa reduz até 25% dos gastos das famílias

Fonte: A Cidade ON (07.08.2018)

Divulgação: PROCEL

Clique aqui para acessar a matéria diretamente em sua fonte.

Weber Sian / A Cidade

São Paulo – A economia feita dentro de casa a partir do uso racional de energia elétrica e de água, alimentação e transporte é uma importante aliada na redução dos gastos das famílias no final do mês.

A economista Maria Angélica Luqueze, professora de pós-graduação da FAAP, calcula que os pequenos valores economizados podem representar uma economia de 10% a 25%, conforme os gastos, o padrão de vida e o tamanho da família.

“São pequenos valores que, somados ao longo do mês, representam uma diferença significativa, e o recurso que sobra pode ser utilizado para investimento ou para lazer, por exemplo”, pontuou. O corte de gastos é mais que bem-vindo, já que as tarifas dos serviços essenciais não param de subir.

A conta de luz é um exemplo dessa alta e tem pesado cada vez mais no bolso do consumidor. Entre 2014 e 2017, a tarifa média dos consumidores residenciais acumula alta média de 31,5% no País e a estimativa é de que, ao final deste ano, o aumento acumulado chegue a 44%.

O levantamento foi feito pela Abrace (Associação Brasileira de Grandes Consumidores Industriais de Energia e de Consumidores Livres).

Consumo

O gerente de Eficiência Energética da CPFL Energia, Felipe Zaia, considera que a melhor estratégia para evitar o desperdício dentro de casa e possíveis aumentos na fatura é conhecer os aparelhos que causam maior impacto no consumo.

Assim como o ar-condicionado no calor, o chuveiro elétrico é o principal responsável pelos gastos no frio, tanto de energia quanto de água. Ao utilizá-lo no modo inverno, o acréscimo no consumo é de até 30% em relação ao modo verão.

De acordo com a CPFL, somente o chuveiro é responsável por entre 25% e 35% dos gastos na conta de luz nos meses mais frios.

“É importante que os consumidores também coloquem em prática hábitos mais conscientes no consumo de energia para manter o conforto e bem-estar sem impactar a conta de luz”, declarou Zaia.

A dona de casa Ana Lúcia Marques, 56, dá o exemplo quando o assunto é economia de energia elétrica e de água em casa. Ela afirma que o uso consciente vai além da questão financeira. “Lógico que a gente economiza, mas penso muito na preservação do meio ambiente, nas futuras gerações”, destacou.

Prática vem de 30 anos atrás

Ana Lúcia Marques diz que começou a adotar medidas de economia dentro de casa há cerca de 30 anos. “Comecei apagando todas as lâmpadas dos ambientes onde eu não estava”, afirmou. Formada em letras no final de 2017, Ana Marques esperava todos os alunos saírem da sala de aula para, na sequência, apagar as lâmpadas e desligar o ar-condicionado. “Até esperar chegar o responsável para desligar tudo, estaria gastando do meio ambiente.”

Ao se banhar, Ana diz que sempre fecha a torneira do chuveiro enquanto está se ensaboando. Enquanto escova os dentes, faz o mesmo.

Na cozinha, a dona de casa ensaboa toda a louça com a torneira fechada e somente no final abre a torneira para lavar tudo.

“Fico de olho no termostato da geladeira e diminuo a intensidade quando está mais frio. Só abro a geladeira depois de saber tudo o que vou pegar.” Tamanha economia proporciona uma conta de luz bem enxuta no final do mês: em 20 de agosto, Ana Lúcia terá de pagar R$ 51,54 à CPFL referente aos gastos de julho.

Plano B é fundamental

A economista Maria Angélica Luqueze considera que, aliado às ações para economizar dentro de casa, ter um plano B é fundamental hoje para complementar a renda. “A empregabilidade está muito difícil”, pontuou.

Um dos exemplos é aproveitar o trajeto de ida e volta do trabalho para atuar como Uber. “Peguei Uber esses dias e o motorista fazia isso diariamente. Com a renda a mais ele conseguia pagar o combustível do mês”, afirmou.

O trabalhador pode também aproveitar um dote culinário para começar a vender comida, ou talvez usar o talento para fotografia para fazer cliques dos clientes.

“Essa segunda atividade tem que ser em um horário que não dificulte a rotina da casa nem o desempenho no primeiro emprego”, orienta.

Veja como economizar dentro de casa

ÁGUA

– Feche as torneiras: evite lavar louça, escovar os dentes e fazer a barba com a torneira aberta. Se for usar a máquina de lavar louça, espere encher para fazer a lavagem;

– Verifique os vazamentos: torneira vazando água é desperdício. Conserte ou troque se estiver com esse problema;

– Eficiência: regule temporizadores de descarga e de torneiras. A economia supera 50%;

– Programa de lavagem: conheça os modos de lavagem da máquina e escolha o mais adequado para cada tipo de roupa;

– Reaproveite: utilize a água onde você lavou as roupas para lavar o quintal, por exemplo;

– Carro: evite lavar o carro ou lave-o com um balde em vez de mangueira;

– Jardim: para regar as plantas utilize regador;

Calçada: use a vassoura para varrer e balde para lavar.

ENERGIA ELÉTRICA

– Apague as luzes: ao sair de ambientes que não estão sendo utilizados, não deixe as lâmpadas acesas;

– Iluminação natural: aproveite a luz do dia, deixando as janelas da casa abertas. Utilize cores claras nas paredes, pois facilita que a iluminação natural permaneça por mais tempo;

– Reduza o tempo no banho: o chuveiro é um dos vilões da conta de energia no modo inverno, o acréscimo no consumo é de cerca de 30% em relação ao modo verão;

– Horário do banho: programe banhos para os inícios ou finais de tarde, quando a temperatura ainda não caiu muito;

– Limpeza: mantenha limpos os orifícios da passagem de água do chuveiro;

– Duchas: modelos de duchas eletrônicas, que permitem uma regulagem mais apurada da temperatura, determinam gastos menores com energia;

– Troque as lâmpadas: economia com uso das lâmpadas de LED chega a 60% em comparação às incandescentes;

– Organize: acumule a quantidade de roupas equivalente à capacidade máxima da máquina de lavar. E passe as roupas de uma só vez. Além disso, evite passar roupa quando diversos aparelhos elétricos estiverem ligados ao mesmo tempo;

– Temporizador: utilize os temporizadores da televisão e do ar-condicionado a favor da economia e evite dormir com esses aparelhos ligados;

– Manutenção: verifique a vedação do ar-condicionado, da geladeira e do forno elétrico, já que podem gastar muita energia com mau isolamento;

– Geladeira: só abra a porta quando necessário e evite deixá-la aberta por muito tempo;

Compre eletrodomésticos econômicos: a classificação A representa os mais eficientes no uso da energia elétrica.

ALIMENTAÇÃO

– Saiba o consumo da família: compre apenas a quantidade de comida necessária, já que o estoque pode levar ao desperdício. Hoje há até aplicativos que sugerem receitas com os ingredientes que a pessoa tem em casa;

– Refeições em casa: comer fora pode gerar altos gastos;

– Consuma frutas e verduras da época: é uma boa maneira de consumir pagando pouco e diversificar a alimentação.

RENDA EXTRA

– Hoje há várias formas de ter uma renda extra. Você pode montar o próprio negócio ou investir em algum hobby, como cozinhar;

– Economize a quantia obtida nesses trabalhos para construir as suas reservas financeiras. E também para realizar os sonhos da família, como fazer uma viagem, por exemplo.

TRANSPORTE

– Carro: pode gerar gastos enormes. Para isso, procure meios de locomoção alternativos, como a bicicleta e caminhada. São gratuitos e você ainda beneficia a saúde;

– Horários: você também pode organizar os horários para ir ao trabalho pelo mesmo trajeto da escola dos filhos. Assim, você já economiza tempo e dinheiro.

Publicado em Brasil, Cidades, Eficiência Energética, Sustentabilidade, Uso Racional de Água | Marcado com , | Deixe um comentário

São Paulo – 22/08/2018 – Seminário do Programa Brasileiro de Etiquetagem em Eficiência Energética para Sistemas de Refrigeração e Ar Condicionado

Lembrando apenas que a inscrição é gratuita.

Basta clicar na imagem para ser redirecionado ao hot site do evento.

Publicado em Cursos & Seminarios / Congressos, Eficiência Energética, Entidades & Associações, Sustentabilidade | Marcado com , , | Deixe um comentário

De volta ao blog…

Desde 2012, quando iniciei o meu blog, jamais fiquei tanto tempo sem aparecer por aqui…

Infelizmente, tive um problema de saúde que me afastou de minhas atividades durante um período e ao retornar…., demorei um pouco mais para “engrenar” novamente.

Enfim, estou de volta e começarei a soltar aos poucos os posts e também retomar os meus artigos que estavam agendados.

É bom revê-los!!

Publicado em Comentarios do Bloggeiro | Deixe um comentário

Facilities Café abordará o tema “Evolução da Manutenção”em seu próximo evento (6/6/2018)

Uma das mais belas e importantes iniciativas do mercado de Facility Management, o “Facilities Café” vem tratando de temas importantes para o mercado, de um jeito bem descontraído.

Neste próximo encontro, programado para esta quarta-feira (6/6), o evento trará o tema da Manutenção, envolvendo dois especialistas do mercado (Alexandre Lara – A&F Partners Consulting e Adriano Silvestre – Exppe), que tratarão de explanar ao público o momento no qual nos encontramos e a evolução em curso no setor.

Para mais informações, acesse o site do evento www.facilitiescafe.com.br

Publicado em Brasil, Facility Management, Palestras | Marcado com , , , , | Deixe um comentário