Aliança rentável

Fonte: Revista Infra

Clique neste link para ler a reportagem na íntegra, diretamente de sua fonte.

Inaugurado em 2012, o Pátio Victor Malzoni se destacou à época de sua finalização pela arrojada arquitetura, em uma das vias comerciais mais importantes da capital paulista, a avenida Brigadeiro Faria Lima. O moderno conceito arquitetônico, projetado pelo escritório Botti Rubin, resultou em duas torres de 20 andares, sobre por um vão central de 45 m de largura x 30 m de altura.

O triple A se distinguiu, também, pela união entre sustentabilidade e tecnologia dos sistemas prediais. A aliança rendeu ao empreendimento a certificação Leed Core & Shell Prata.

“O Pátio Victor Malzoni foi projetado para ser um prédio sustentável. Da sua inauguração até hoje, foram-se aperfeiçoando os controles, em busca de uma melhor gestão dos equipamentos instalados. Neste caso, também foi importante aumentar a capacidade de automação predial e controle visual do empreendimento”, explica Flavio Engel, Gerente de Operações Prediais da CBRE, administradora do condomínio.

O gerenciamento patrimonial é realizado por uma central e um operador local BMS, que monitoram mais de quatro mil pontos de iluminação, além dos equipamentos de infraestrutura predial. O objetivo, segundo Engel, é o de buscar uma economia real para condôminos e um maior conforto aos usuários, por meio da supervisão dos sistemas que demandam maior consumo de energia e água.

“A rotina de checklist e o registro de histórico e ocorrências permitem a análise de dados e gráficos de tendências, que antecipam problemas e manutenções”, afirma o Gerente de Operações do empreendimento. “O condomínio possui um sistema de gestão que permite o controle de manutenções preventivas e corretivas via ordens de serviço pelo fornecedor contratado.”

Clique no link abaixo e leia a reportagem na íntegra
Revista Infra Abril 2016.pdf

 

Anúncios

Sobre Alexandre Fontes

Alexandre Fontes é formado em Engenharia Mecânica e Engenharia de Produção pela Faculdade de Engenharia Industrial FEI, além de pós-graduado em Refrigeração & Ar Condicionado pela mesma entidade. Desde 1987, atua na implantação, na gestão e na auditoria técnica de contratos e processos de manutenção. É professor da cadeira "Comissionamento, Medição & Verificação" no MBA - Construções Sustentáveis (UNICID / INBEC), professor na cadeira "Gestão da Operação & Manutenção" pela FDTE (USP) / CORENET e professor da cadeira "Operação & Manutenção Predial" no curso de Pós Graduação em Avaliação e Perícias de Engenharia pelo IBAPE / MACKENZIE. Desde 2001, atua como consultor em engenharia de operação e manutenção.
Esse post foi publicado em Artigos Diversos, Eficiência Energética, Facility Management, Sustentabilidade e marcado , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s