Alemanha vai apoiar reabilitação energética

Além de já liderar o ranking entre os países que mais atuam em prol da eficiência energética, a Alemanha continua à demonstrar a sua força e comprometimento com as suas metas.

Já no Brasil, falta-nos metas, apoios, incentivos e até mesmo fiscalização… ainda que estejamos situados no grupo “G4” entre os países com o maior número de projetos de certificação LEED no mundo.

——————————————————————————————–

Fonte: Edifícios e Energia

Divulgação: Procel

Acesse aqui a matéria em sua fonte.

Alemanha – Um novo plano de ação para a eficiência energética para os edifícios deverá ser aprovado pelo governo alemão, em dezembro. A informação veiculada pelo portal Euractiv adianta que Berlim quer dar mais apoios ao investimento na reabilitação de edificações.

Entre as medidas do documento, espera-se uma maior participação de investimento público para o setor, feito através do banco de desenvolvimento KfW. Desta forma, o governo alemão quer incentivar também os investimentos do setor privado na reabilitação energética dos edifícios.

Além do financiamento, o plano inicial incluía a possibilidade de uma dedução das despesas de investimento em 10%, ao longo de dez anos, mas essa medida foi eliminada após negociações com o parlamento. Entretanto, a indústria alemã pede incentivos fiscais para investidores eficientes.

O plano surge como forma de alavancar o setor e cumprir as orientações comunitárias em termos de eficiência energética. Para cumprir as metas de 2030, acordadas pelos 28 Estados-Membros, a Alemanha deveria reabilitar energeticamente 2% das infraestruturas nacionais das edificações. No entanto, a quota atual está entre os 0,9% e 1,3%, segundo a agência de energia alemã, citada pelo Euractiv.

Anúncios

Sobre Alexandre Fontes

Alexandre Fontes é formado em Engenharia Mecânica e Engenharia de Produção pela Faculdade de Engenharia Industrial FEI, além de pós-graduado em Refrigeração & Ar Condicionado pela mesma entidade. Desde 1987, atua na implantação, na gestão e na auditoria técnica de contratos e processos de manutenção. É professor da cadeira "Comissionamento, Medição & Verificação" no MBA - Construções Sustentáveis (UNICID / INBEC), professor na cadeira "Gestão da Operação & Manutenção" pela FDTE (USP) / CORENET e professor da cadeira "Operação & Manutenção Predial" no curso de Pós Graduação em Avaliação e Perícias de Engenharia pelo IBAPE / MACKENZIE. Desde 2001, atua como consultor em engenharia de operação e manutenção.
Esse post foi publicado em Comentarios do Bloggeiro, Eficiência Energética, Sustentabilidade e marcado , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s