Economize Energia durante as suas viagem

Fonte: O Diário

Divulgação: Procel Info

Acesse aqui a matéria em seu local de origem.

Brasil – Os períodos em que se passa fora de casa viajando também podem contribuir com o consumo de energia, e eles também merecem atenção.

Grande parte dos eletrodomésticos possui o modo stand-by (aquela luzinha que fica acesa mesmo quando você não está usando o aparelho). O modo stand-by ajuda a manter os eletros parcialmente ligados, prontos para o funcionamento. Para evitar o desperdício, o consumidor tem duas opções: desligar o interruptor que existe na parte posterior de alguns modelos ou desligar o aparelho da tomada. Com relação ao aparelho de TV, o melhor é desligar no botão liga/desliga (on/off) ou mesmo tirar da tomada para não correr o risco de continuar gastando energia desnecessariamente.

No entanto, ligar e desligar os aparelhos com frequência pode diminuir sua vida útil. Por isso, o mais aconselhável é deixar os eletrônicos fora da tomada apenas quando não forem ser utilizados por um período de tempo mais longo, como durante uma viagem – mesmo que seja apenas um final de semana.

Outros aparelhos que consomem energia constantemente são aqueles que possuem relógios externos ou internos: forno de micro-ondas, computadores, aparelhos de DVD e receptores de TV a cabo e satélite. Uma boa opção que auxilia na economia de energia na função stand-by é ligar alguns deles em um filtro de linha que tenha um botão liga-desliga. Eles são baratos e disponíveis em supermercados ou lojas de materiais para construção. Assim, todos os aparelhos conectados podem ser desligados ao mesmo tempo, facilitando o controle da energia consumida.

Se a viagem for durar mais de uma semana, esteja atento ao prazo de validade dos alimentos: guarde-os somente se tiverem um prazo razoável, caso contrário, procure consumir antes da viagem – ou então doe-os. Já caso de viagens longas, é válido desligar a chave geral do imóvel e esvaziar a geladeira.

Na área externa da casa, ao invés de deixar a luz acesa como indicativo de presença, o consumidor pode instalar sensores de presença automatizados – o que também auxilia no consumo de energia. 

Anúncios

Sobre Alexandre Fontes

Alexandre Fontes é formado em Engenharia Mecânica e Engenharia de Produção pela Faculdade de Engenharia Industrial FEI, além de pós-graduado em Refrigeração & Ar Condicionado pela mesma entidade. Desde 1987, atua na implantação, na gestão e na auditoria técnica de contratos e processos de manutenção. É professor da cadeira "Comissionamento, Medição & Verificação" no MBA - Construções Sustentáveis (UNICID / INBEC), professor na cadeira "Gestão da Operação & Manutenção" pela FDTE (USP) / CORENET e professor da cadeira "Operação & Manutenção Predial" no curso de Pós Graduação em Avaliação e Perícias de Engenharia pelo IBAPE / MACKENZIE. Desde 2001, atua como consultor em engenharia de operação e manutenção.
Esse post foi publicado em Artigos Diversos e marcado . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s